Você gostaria de exportar seus serviços de desenvolvimento de software? receber em dólar parece uma idéia bem legal né? mas nem tudo são flores como você possa imaginar, por isso vou dar algumas dicas sobre esse tema, pega a pipoca e vem comigo que vou contar a partir da minha experiência pessoal como fazer para arrumar um trampo remoto de desenvolvimento de software, seja trabalhando full time ou com um contrato freela para uma pessoa jurídica do exterior (no meu caso dos Estados Unidos).

Primeiramente você precisa estar elegível para a vaga, uma empresa não vai te convidar pra trabalhar pra ela simplesmente por você estar de terno e mostrando seus olhos azuis no seu perfil do linkedin, abaixo vou listar 2 pontos necessários.

1 – Saber inglês

Isso é extremamente necessário né, já que a sua comunicação com a equipe que vai atuar com você vai ser preferencialmente em inglês (exceto no caso em que tenha algum outro brasileiro na equipe, comunicações exclusivamente entre vocês podem ocorrer em português), qual o nível de inglês recomendado, bom, o meu inglês não é fluente, certas vezes nas reuniões (que ocorrem via skype, hangouts, etc) tenho que perguntar o que significam algumas palavras não usuais e determinadas gírias, fora o fato do pessoal nativo falar muito rápido, mas isso não é necessariamente um problema, pelo fato da empresa que eu presto serviço implementar o SCRUM,  existem reuniões diárias (Daily Scrum Meeting) que ocorrem apenas com a equipe local, e as reuniões semanais (Sprint Planning Meeting) que no meu caso ocorrem de noite (pelo fato de eu não ser full time, além de ter meu trabalho em outra empresa aqui no Brasil, e temos também a diferença de fuso de 4 horas entre o Rio e São Francisco que ajuda um pouco), portanto você tem que ao menos saber manter um conversa normal, possivelmente algum líder de equipe vai te entrevistar em inglês, nesse caso se você não atender às expectativas que eles esperam do seu inglês pode ser que você não seja aprovado.

2 – Ser conhecido na comunidade

Você se envolve com a comunidade da linguagem/framework/ferramenta com a qual você trabalha? você atualiza seu Github com frequência? fez alguma contribuição para a comunidade? Tirou alguma certificação relevante para a vaga em questão? Entenda que para um possível contratante sua carteira de trabalho brasileira não vai servir de nada, como eles atestam suas habilidades? através do seu GitHub  (Projetos pessoais e supondo que a empresa tenha algum produto open-source, suas contribuições no repositório do produto podem ser relevantes), indicação de algum funcionário da empresa que reconhece a sua relevância na comunidade, indicação de outras empresas/pessoas para quem você prestou serviço, certificações, etc… portanto, é extremamente importante se envolver com a comunidade da sua linguagem de programação/framework de trabalho, sejam listas, grupos, fóruns, etc, além de obter certificações relevantes (entenda que dependendo da empresa a certificação pode não fazer diferença, algumas empresas simplesmente querem a sua expertise, tenha você uma certificação na área ou não), dessa forma você conseguirá estar um passinho a mais perto do serviço que você quer.

Como se dá o vínculo entre você e a empresa?

A empresa possivelmente optará por celebrar um contrato entre vocês, não esqueça de guardar uma cópia desse contrato pois é muito importante para comprovar a origem da renda que você vai receber.

Como conseguir uma oportunidade?

Bom, supondo que você atenda aos 2 tópicos que citei para estar elegível para uma vaga, mas que não tenha dado a sorte de ser convidado por ninguém para trabalhar, você pode simplesmente procurar alguma vaga pela internet, algumas fontes para achar são os fóruns/grupos/listas em inglês da linguagem/framework/ferramenta desejada e sites de empregos do exterior (indeed.com, flexjobs.com, etc).

Qual a média salarial?

Depende muito do seu nível COMPROVADO, um engenheiro de software de nível pleno ganha entre 25 a 35 dólares hora, um desenvolvedor sênior está nessa faixa também.

Como receber o pagamento?

O pagamento pode ser recebido com paypal, porém é bom tomar cuidado, pois já vi relatos de pessoas que tiveram seu dinheiro preso no paypal e mesmo comprovando a origem do dinheiro com o contrato celebrado entre o contratante e o prestador não foi possível receber o dinheiro preso, mas a soma era na faixa de uns 8 mil reais, estou usando paypal para receber valores bem menores que esse e até agora não tive problema.

E o imposto de renda?

Bom, a questão do imposto de renda nesse caso é bem simples, você só tem que informar nos recebimentos do programa do IR, o valor que você recebeu nestes serviços prestados pro exterior, geralmente o contratante também vai pedir uma invoice que é para ele usar pra comprovar o gasto que teve com você, a invoice pra eles é como se fosse uma fatura pra gente, e a numeração tem que ser única, se você quiser pode usar o blinksale pra fazer.

Este post te ajudou? clica no joinha aí embaixo e avalia com 10 estrelas, isso ajuda muito 😀

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.3/10 (7 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +3 (from 3 votes)
Como exportar serviços de desenvolvimento de software, 9.3 out of 10 based on 7 ratings