Fala maroteeenhos, tô ná area novamente com mais um post deveras relevante.

essa semana terminei um projeto de um cliente, o projeto se tratava de um sistema web/website que foi desenvolvido em ASP.NET MVC + MONGODB, até aí nada de mais, porém, este projeto tinha um requisito especial, o site tinha que ter recursos de acessibilidade para visitantes com deficiência visual, só que o pequeno detalhe é que eu nunca peguei um projeto com este requisito, e aí, dá-lhe pesquisa na internet né? com isso, compartilho abaixo alguns dicas que podem ser básicas, mas que foram relevantes para o sucesso do projeto.

Pessoas com deficiência visual geralmente usam leitores de tela para navegar nos sites, esses leitores de tela são softwares ou dispositivos que fazem a leitura do conteúdo de um site e fornecem algum atalhos para facilitar a navegação, existem vários no mercado, os mais populares são o JAWS e NVDA, ambos para Windows e temos o Voice Over para MAC.

Existe uma lista de princípios de acessibilidade do W3c que podem ser encontrados aqui.

Basicamente o seu site precisa ser:

Perceptível (Perceivable) – Significa que o site deve apresentar conteúdo e informações de um jeito que os usuários percebam.

Operável (operable) – Significa que os componentes da interface precisam funcionar em diferentes circunstâncias para usuários diferentes.

Entendível (understandable) – Significa que o usuário deve entender todo o conteúdo.

Robust (robusto) – Signica que o site deve ser legível e entendível por todos os usuários incluindo recursos assistentes (como um leitor de telas por exemplo).

gato_lendo

 

Legal, e como fazer o site ser acessível? eu basicamente foquei em 3 técnicas que são as que eu explico abaixo…

Coloque alternativas não visuais para todo conteúdo que não seja texto.

Sim, use a abuse da tag “alt” para descrever as imagens e links do website, assim o usuário vai poder entender o que você quer passar através das imagens utilizadas, mesmo sem poder enxergá-las, outro detalhe importante é que o uso da tag “alt” também ajuda o seu SEO do seu site.

Use um HTML limpo e bem estruturado 

Use elementos semânticos para separar corretamente o conteúdo do seu site, tags H (h1, h2, etc), e os demais novos elementos do HTML 5, podem e devem ser usados para melhorar a estrutura semântica do seu site, além de ajudar no SEO, facilita a navegação com um leitor de telas, facilite a navegação possibilitando que um usuário sem mouse possa utilizar o site (via tecla TAB por exemplo).

Utilize os padrões ARIA

Para quem não conhece ARIA significa Acessible Rich Internet Applications, ou em português, algo como aplicações ricas (em recursos) e acessíveis para internet, estes padrões são definidos pelo W3c e podem ser vistos aqui.

Usando estes padrões você define marcações HTML para facilitar a navegação no site por dispositivos de assistência.

Por exemplo, você pode botar uma regra para desabilitar as seções das páginas, para que o usuário utilizando um dispositivo de leitura possa ir direto para o conteúdo principal, facilitando a navegação do mesmo.

Basicamente usar a tag ALT já ajuda em 50% dos casos, o resto é o complemento que também ajuda bastante na experiência do usuário.

Vou ficando por aqui e até o próximo post.

Referências:

https://www.w3.org/WAI/intro/aria

Cartilha de acessibilidade da web

Acessibilidade legal

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)
Dicas para Implementar recursos de acessibilidade (HTML), 10.0 out of 10 based on 1 rating